Conhecendo o Autor: Nicholas Sparks

Nicholas Sparks é acusado de racismo, homofobia e antissemitismo - Livros &  Citações
Google Imagens

Por: Fábio Anhaia

Fonte: Wikipédia

Nicholas Charles Sparks é filho de Patrick Michael Sparks, um professor de negócios, e de Jill Emma Marie Sparks, uma dona de casa e assistente de optometrista. Ele tem dois irmãos, Michael Earl “Micah” Sparks, o mais velho, e Danielle “Dana” Sparks, a mais nova, que faleceu aos 33 anos por conta de um tumor no cérebro. Ela foi a sua inspiração para o livro Um Amor para Recordar.

Em 1985, quando ainda frequentava a faculdade, Sparks escreveu seu primeiro romance, The Passing, enquanto estava na casa de verão entre os calouros até o seu segundo ano na Universidade de Notre Dame. Ele também escreveu outro romance em 1983, também nunca publicado, The Royal Murders.

Após se formar, Sparks buscou ofertas de trabalho com editoras ou vagas para estudar direito, mas foi rejeitado em ambas as tentativas. Então, nos três anos seguintes, tentou outras carreiras, incluindo avaliação imobiliária, garçom, vendedor de produtos odontológicos por telefone e até mesmo tentou começar uma manufatura.

Em 1990, ele co-escreveu Wokini: A Lakota Journey to Happiness e Self-Understanding com Billy Mills. O livro foi publicado pela Feather Publishing, Random House e Hay House, e vendeu aproximadamente 50.000 cópias no primeiro ano após o lançamento.

Em 1992, Sparks começou a vender produtos farmacêuticos e, no ano seguinte, foi transferido para Washington, DC. Foi nessa época que ele escreveu outro romance em seu tempo livre, Diário de uma Paixão. Dois anos depois, ele foi descoberto pela agente literária Theresa Park, que leu o manuscrito de Diário de uma Paixão na sua agência e se ofereceu para ser sua representante. Em outubro de 1995, Park garantiu um adiantamento de US$ 1 milhão para Diário de uma Paixão vindo da Time Warner Book Group. O romance foi publicado em outubro de 1996 e entrou na lista de best-sellers no New York Times em sua primeira semana de lançamento.

Com o sucesso do seu primeiro romance, ele se mudou para New Bern, Carolina do Norte. Desde então, escreveu diversos best-sellers, dos quais onze foram adaptados em filmes: Uma carta de Amor (1999), Um Amor para Recordar (2002), Diário de uma Paixão (2004), Noites de Tormenta (2008), Querido John (2010), A Última Música (2010), Um Homem de Sorte (2012), Um Porto Seguro (2013), O Melhor de Mim (2014), Uma Longa Jornada (2015) e A Escolha (2016).

Publicado por fabioanhaia

Autor de Primeira Viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: