Dias Cinzas

Autor: Fábio Anhaia.

Dias cinzas virão, destrutíveis como uma tempestade.

Dias cinzas virão, incrivelmente escuros como a noite.

Dias cinzas virão e com eles os ventos fortes.

Dias cinzas, sem cor, sem vida.

Dias cinzas virão insinuando que não há mais jeito,

Dias cinzas virão, dizendo que a vida não vale o sofrimento.

Dias cinzas virão e com eles as angustias.

Dias cinzas, sem cor, sem vida.

Dias cinzas virão e com eles a chuva forte.

Dias cinzas virão, trazendo consigo as inseguranças.

Dias cinzas terríveis, gelados e incrivelmente longos.

Dias cinzas, sem cor, sem vida.

Dias cinzas virão e não há como evitar.

Dias cinzas nos farão mais fortes.

Dias cinzas nos ensinarão.

Dias cinzas, sem cor, sem vida.

Apenas dias cinzas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: